24/06/2013

PS - partido de esquerda?...

Autárquicas: Combate do PS ao PCP tão ou mais importante que luta à direita, diz João Ribeiro
"

O porta-voz do PS defendeu hoje que o combate ao PCP "é tão ou mais importante" que o combate à direita, acusando os comunistas de castrarem a liberdade política e serem exemplos de "atavismo" e de "sectarismo".

Então ainda há quem pense que com cretinos como este é possível alguma unidade de esquerda? O PS nem é de esquerda nem socialista, é um bloco de interesses que só existe para confundir o eleitorado de esquerda. O PS é nada mais nada menos do que a outra face  duma mesma moeda, é a ferramenta necessária para que os grandes interesses continuem no  poder quando este não é ocupado/representado pelo PSD. Por muito que mude o discurso quando está na oposição, aí está a memória das suas práticas governativas, que mais não são do que complementares das políticas do PSD. Falar de "PECs" ou de "Memorandos" é falar da mesma coisa com designações diferentes, e é por isso que é cada vez mais importante denunciá-los, combatê-los, por muito que custe a boa parte do seu eleitorado que teima em não querer entender o que é óbvio. Devemos lembrá-los constantemente que o que Passos Coelho faz hoje, é o que Sócrates começou no governo anterior, devemos reavivar-lhes a memória, para que o povo não permita que o bloco central de interesses (PS-PSD) continue a destruir o país e a servir-se dele.