06/12/2012

Oscar Niemeyer - a vida é um sopro...


A obra fica. Perdura. É aí  que acontece a suspensão da morte e o Homem se agiganta sobre as Parcas - que fiam, que tecem, e quando cortam é ao Homem que engrandecem. Cloto ou Nona é ainda útero, não o traço. Láquesis, a Décima é já forma, corpo, vida. E quando Átropos de surpresa se apresenta, Morta, são só restos o que leva. Porque a obra fica, perdura, no homem feito eterno. Aqui. Na Terra.
(Inquietar)