29/09/2010

Manuel Casttels - palavras do sociólogo

video

Portugal: Nação Soberana, ou anedotário europeu?

video

11/09/2010

11 de Setembro


No dia 11 de Setembro de 1973, militares ao serviço de Augusto Pinochet atacaram o Palácio de La Moneda em Santiago do Chile, assassinaram o Presidente eleito Salvador Allende, liquidaram o regime democrático e deram início ao regime de terror que os EUA patrocinaram através da CIA e outras corporações para, com os seus Boys de Chicago a liderarem as mais arrojadas quanto injustas fórmulas económicas, desenharem o fim da Modernidade. Foi o nascimento da chamada Globalização, com as suas injustiças e as suas ilusórias luzes de néon, a dar vida à etapa histórica e social mais obscurantista de que há memória na história da humanidade; foi o retrocesso às sombras da idade média, disfarçadas com máscaras de tecnologias avançadas; foi a substituição dos cidadãos pelos consumidores e clientes; foi a elevação do FMI, do Banco Mundial e da Organização Mundial do Comércio ao Olympo dos Deuses em que se transformaram, para melhor sugarem o sangue dos cordeiros/servos do senhor, de todos os senhores que por aí proliferam prometendo paraísos que tardam em chegar, que se adiam todos os dias, que não chegarão nunca apesar da esperança ser a última a morrer, mesmo que nos mate aos bocadinhos todos os dias.